quinta-feira, 7 de julho de 2011

Frases de caminhão - Parte 1


Em dias de pouca inspiração, “plageio” então!
(Sem correções conforme a norma culta, pois perde a graça! Desculpe colegas de Língua Portuguesa)
- A mulher que eu mais amo tem compromisso com meu pai.
- Casamento é igual Av. Paulista: começa no Paraíso e termina na Consolação.
-Chifre e dente só doem quando nasce. (Carlos Prestes).
-Diferença de credor e devedor: o primeiro tem a memória muito melhor.
-Dívida pra mim é sagrada. Deus lhe pague.
-Duas coisas matam de repente: vento pelas costas e sogra pela frente.
-Existe vida após o casamento, só que ninguém prova.
-Na vida tudo passa, até uva passa.
-Não sei o que vem pela frente, só espero que seja pela frente. (Padilha).
-Nóis só num bebe acetona porque tira o esmalte do dente!
-O esper matou o zoide. (Otton Rafael).
- O sonho acabou. Mas tem pão doce, maria-mole e queijadinha.
- Pinto é que nem dólar: sobe no paralelo e cai no oficial.
- Quem sabe, sabe. Quem não sabe é chefe.
- Quero morrer como meu avô: dormindo, e não gritando como os   passageiros do ônibus que ele dirigia.
- Respeito as casadas como as solteiras, mas esse "como" é verbo!
- Rico pega o carro e sai, pobre sai e o carro pega.
- Se eu estiver bêbado, e você for bonita, aproveite-se de mim.
- Se homem fosse dinheiro, baixinho seria troco.
- Se merda fosse grana pobre não ia cagar.
- Se não puder ajudar, atrapalhe, afinal o importante é participar.
- Se teta fosse buzina, ninguém dormia à noite.
- Se você for fazer alguma coisa errada... APROVEITE!
- Sogra venenosa é o único réptil que vê novela e faz tricô.
- Tem peido como ninja: silencioso e matador. (Zezitoo).
- Todo homem deveria se casar. Afinal, felicidade não é tudo na vida.
- Tudo na vida muda, até a surda muda.
- Você já cheirou Coca? Tem o mesmo cheiro de Pepsi.
- Evite estupros, diga sim!
- Ladrão na casa de pobre só leva susto.
- Trouxa é assim mesmo, tudo o que vê, lê!

Nenhum comentário:

Postar um comentário